Seja bem vindo, boa leitura, será um prazer teu comentário.
Ataíde Lemos
Palavras, uma viagem pelos sentimentos.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Toda criança tem sonhos e não fugi desta regra. Ainda criança sonhava em ser um poeta, amava a poesia, não tanto em ler, mas, em escrever versos. Sempre olhava para o horizonte deitado numa grama e ali viajava em sonhos traduzidos em versos que surgiam ao observar a beleza do universo.
Minha paixão era refletir o amor que existe em cada coisa, em cada olhar, em cada paisagem, em cada detalhe que às vezes parecia nada existir e assim, surgia o desejo de escrever registrando cada momento em que a alma, os sentimentos falavam e meu desejo em ser poeta.
O tempo passou e a vida foi acontecendo, as responsabilidades surgindo e tomando parte da minha vida e aquele sonho foi ficando guardado num cantinho que até me esqueci dele. Porém, admirar o belo, refletir os acontecimentos, as pessoas sempre fizeram parte do meu existir.
Após muitos anos e sem que percebesse aquele sonho retornou de forma real e assim, comecei a escrever, comecei a colocar no papel as minhas emoções, os meus sentimentos. Comecei a registrar no papel em formas de versos as minhas palavras e foram brotando palavras e sentimentos como uma fonte que ao ser descoberta jorra sem cessar inundando e fertilizando tudo ao seu redor.
Hoje olho para trás e me vejo com milhares de poemas escritos, com vários livros publicados,  com quase  1,2 milhão de acesso em meu site  e a conquista de muitos amigos nos meus sites de relacionamentos.
Assim é a vida, assim são os sonhos. Às vezes, temos grandes sonhos e quando pensamos que eles morreram eles vão acontecendo no caminhar da vida ainda que não percebemos. Muitas vezes, os objetivos aos quais planejamos não acontecem, mas, outros tantos que nem pensamos se realizam. Tudo aquilo que está dentro de nós pode acontecer, basta não desistir. É preciso ser perseverante que o tempo se encarrega de tudo.
 
Ataíde Lemos
 
 Os sonhos

Na vida plantamos nossos sonhos, porém muitos deles ficam escondidos debaixo da terra por um tempo, permanecendo por um período ocultos. Às vezes, pensamos que eles morreram, porém, num tempo curto ou longo vemos suas sementes saírem pequenas e frágeis da terra e ficamos felizes, porque eles estavam vivos. Então, vamos cuidando e eles vão se desenvolvendo, às vezes, uns mais rápidos, outros lentamente que chegamos a pensar que não vingarão, porém eles resistem tempestades, os nossos desânimos e vão crescendo, nem sempre da maneira como desejaríamos, mas eles vão crescendo, ramificando-se, surgindo um fruto aqui outro acolá e num determinado momento percebemos o quando estes sonhos foram realizados e quanto fruto deles já colheu.
São assim os sonhos, por isto que jamais podemos desistir deles ainda que possam parecer irrealizáveis. Pode até ser que alguns deles não se concretizem da forma como desejaríamos, porém, certamente, teremos lindas surpresas e observaremos o quanto estes sonhos trouxeram-nos felicidades.
Ataíde Lemos
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 17/01/2016
Comentários