Seja bem vindo, boa leitura, será um prazer teu comentário.
Ataíde Lemos
Palavras, uma viagem pelos sentimentos.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Redes sociais uma arma poderosa para o consumidor
 
Da mesma maneira que os aparelhos eletrônicos como smartphones, por exemplo, tirou a privacidade das pessoas e as expuseram para a sociedade tornando público tudo que antes ocorria no privado ou ocultamente, as redes sociais também está sendo um mecanismo usado pela sociedade para fazer suas reivindicações, reclamações através de vídeos, comentários e fotos expondo as empresas.
 
Pois bem, as redes sociais tem tornado uma dor de cabeça para muitas empresas, porque, ela tornou-se um grande aliado da sociedade para denunciar a insatisfação do cliente quando é mal atendido por uma empresa seja ao adquirir um produto ou serviço.   Hoje é comum o cidadão ao estar descontente com alguma empresa, a primeira atitude é postar nas redes sociais e logo o poste tem grande repercussão, criando um constrangimento e de alguma maneira maculando o nome da empresa.
 
Esta nova realidade vem como um benefício para a melhoria na qualidade de atendimento aos consumidores, já que, o que mais uma empresa teme é ter seu nome veiculado negativamente na mídia, pois, isto reflete diretamente na perda de clientes e é tudo que as empresas não querem, principalmente, as redes como os hipermercados, magazines e instituições.
 
Não todos, mas, a maioria dos grandes magazines, hipermercados ou mesmo instituições financeiras sempre trataram os clientes como mais um comprador, oferecendo a ele mau atendimento, principalmente, em relação a trocas de produtos com defeitos e outros. Agindo com duas caras, ou seja, para vender ao cliente elas usam toda alegria, com sorriso largo na boca, toda cordialidade e mil promessas, porém, depois de efetuada a venda, viram as costas para o cliente e o trata com indiferença, enrolando-o caso o bem adquirido tenha algum defeito ou cause uma insatisfação.
 
Portanto, as redes sociais tornou-se um aliado do cidadão e está exigindo das empresas uma melhoraria na qualidade de seu atendimento, não somente sua abordagem ao cliente, mas, num todo, principalmente no pós venda, porque ela tornou-se uma vitrine e sem vidros blindados, cuja, um pequeno toque se quebra. Como exposto acima, as multas, as indenizações que porventura a empresa tenha que pagar ou ressarcir não é tão prejudicial para uma empresa quanto a sua reputação diante a sociedade, pois, as redes sociais é hoje um boca-a-boca virtual que possui um efeito avassalador e destruidor  para a imagem de uma empresa, principalmente as grandes redes de magazines, hipermercados e instituições bancárias e as outras de modo geral.
 
Enfim, a sociedade tem hoje uma grande arma nas mãos que pode ser ainda mais poderosa quem vem aliar-se com o Código do Consumidor, porém com o efeito muito mais negativo para empresa que o próprio Código, basta o consumidor ter criatividade para elaborar a postagem.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 07/03/2014
Comentários