Seja bem vindo, boa leitura, será um prazer teu comentário.
Ataíde Lemos
Palavras, uma viagem pelos sentimentos.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
A violência e a falta de policiamento nas ruas
 
Ultimamente os telejornais na maioria de seus destaques, a violência tem sido objeto de matérias. Realmente, a violência tem aumentado de forma sistêmica, até parece, ou melhor, estamos vivendo uma guerra civil em nosso País. Muito se tem dito que o maior responsável é a Lei que protege os adolescentes infratores e que, um dos fatores seria a redução para a maioridade penal.
 
Realmente, é preciso ser fazer algo em relação a isto, mas é importante ressaltar que este número crescente da violência não está somente relacionado a crimes praticados por menores, mas também por uma grande maioria de adultos. Enfim, o aumento da violência está em geral e vemos que são as medias e grandes cidades as responsáveis pelo aumento deste índice de criminalidade. Em minha opinião, está se jogando nos menores infratores toda esta responsabilidade, embora, admito que eles também tenham grande parcela.
 
Pois bem, toda desestrutura e omissões na segurança colaboram para que a violência e a criminalidade aumentem, como muitos fatores que hoje já nem se comenta mais que é a questão social e outros que foram sempre colocados pela esquerda, mas, que por estarem no Poder nem se comentam mais.
 
Porém, um dos fatores que gostaria de enfatizar que, ao meu entender, também tem colaborado muito para este aumento significativo de criminalidade está na falta de policiamento; falta de viatura nas ruas. É evidente que isto tem sido um dos grandes fatores, pois, facilita a atividade criminosa. Jamais alguém que vai cometer um roubo, um assalto, irá fazer as vistas da policia.  
 
Porque a União, os Estados estão reforçando o policiamento, inclusive com tropas do exercito nas cidades cedes da Capa das Confederações? Certamente, é para coibir assaltos, arrastões. Ou seja, para combater a violência e a criminalidade. E porque um policiamento, ostensivo e que também acaba agindo como preventivo não possa ser utilizado para o combate à ação destes marginais?  
 
Infelizmente, chegamos a conclusão que os maiores responsáveis por este alto índice de violência em nosso País é o descasos das autoridades com o povo brasileiro que usa 2 pesos e duas medidas com a população. Para garantir a segurança dos gringos que vem assistir a Copa das Confederações organizam uma monstruosa segurança e para o povo brasileiro em seu dia a dia os deixam a mercê da criminalidade e procuram justificar encontrando bodes expiatórios.
 
É inadmissível, constatar que se percorra numa cidade quarteirões e não se encontra com uma viatura de policia. Que em algumas cidade com população de 10 mil habitantes se tenha 1 viatura e 2 policiais, isto é, quando tem. Se numa cidades pequenas é assim: imagina as medias e as grandes metrópoles? Ou seja, o percentual de policia pela quantidade de habitantes é irrisório e certamente, isto contribui para o aumento da criminalidade. Às vezes, percorro quilômetros sem deparar com um policial, com uma viatura, Tenho certeza que muitos também constatam com esta mesma realidade.
 
Em suma, é fundamental que a sociedade cobre não somente dos deputados uma mudança nas leis, que cobre tanto do governo federal como dos governadores e prefeitos postura e mais policiamento nas ruas.
 
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 13/06/2013
Comentários