Seja bem vindo, boa leitura, será um prazer teu comentário.
Ataíde Lemos
Palavras, uma viagem pelos sentimentos.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Sociedade e as eleições

Gostaria de iniciar este artigo político com uma pergunta de Jesus “pode uma arvore ruim dar bons frutos”?

Pois, bem, quem é o político senão um fruto da sociedade? Então, se pergunta: como melhorar o Brasil se quem precisa ser melhorada é a sociedade? Esta é a grande realidade brasileira. Dificilmente, teremos uma classe política melhor nas próximas eleições, porque se muda o remendo, mas o pano continua velho, portanto, será apenas troca de remendo e uma esperança utópica, pois, a sociedade continua a mesma.

Deixo aqui um questionamento simples e prático para exemplificar: se na sua cidade há um prefeito que esteja fazendo grandes realizações juntamente, com uma câmara de vereadores atuante, porém, estejam promovendo corrupção, quantos eleitores não votarão neles novamente? Acredito que poucos eleitores na hora de votar priorizarão a ética, a postura moral e os valores destes candidatos, pois a imensa  os reelegerá, porque para muitos o que levará em conta na hora do voto será suas realizações e não os desvios de dinheiro e conduta.

Usando este exemplo municipal se estende a todos os níveis de eleições seja ela estadual ou federal. Infelizmente, o que menos conta para a imensa maioria da sociedade é a honestidade do politico e sim, o que ele realiza e seus marqueteiros usam como embalagem para cada um.   

Enfim, a politica é isto; um jogo da maioria contra a minoria e infelizmente, a maioria dos eleitores são arvores pobres e por isto produzem esta qualidade ruim de politicos que temos.

Como veremos neste ano de 2018, haverá uma mudança brusca de comportamento da classe politica; haverá pacotes de bondades do Poder Executivo; muitos senadores e deputados mudarão seus discursos políticos se afinando para conquistar os eleitores. Todos aqueles envolvidos em corrupção prestarão contas para seus eleitores “dizendo” que roubaram mais promoveram benefícios e assim, serão perdoados e receberão como presente um novo mandado.

Portanto, finalizo este artigo da mesma forma que o iniciei. Não haverá uma classe política melhor enquanto a sociedade brasileira manter esta sua postura de podridão, isto é, ela necessita ser podada para serem revigoradas em seus valores e assim, priorizar como virtudes de um candidato a cargo eletivo valores éticos e morais.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 04/01/2018


Comentários