Seja bem vindo, boa leitura, será um prazer teu comentário.
Ataíde Lemos
Palavras, uma viagem pelos sentimentos.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Redução da maioridade penal 

     Dias atrás uma pesquisa revelava que mais de 80% da sociedade é a favor da redução da maioridade penal. Certamente, um dado como este não é espantoso, embora seja trágico, pois de certa forma a população anda sobre a tensão do medo. A insegurança que tomou conta da sociedade muitas vezes o leva a ir contra até mesmo tais princípios éticos, morais e espirituais. 

     A insegurança provoca o medo que por sua vez leva as pessoas a praticarem ações que vão contra suas próprias convicções e assim, acabam cometendo atos que no futuro se arrependem. Entre vários exemplos gostaria de citar dois que tiveram efeitos de grande proporção. Um foi a reeleição de Bush, se deu num total clima de insegurança do povo norte americanos. O país estava em plena guerra com o Iraque e uma ameaça constante de atos terrorismo. Naquele momento o povo acreditava que a melhor solução para os EUA era manter Bush no poder e assim aconteceu. Porém com o tempo e a medida dos acontecimentos os americanos se deram conta que haviam errado e corrigiram elegendo um Congresso oposicionista o qual limitou tirando quase que toda autoridade do presidente Bush levando-o a se retrair mudando algumas atitudes e atuações governamentais. 

     Outro fato ocorreu no plebiscito do desarmamento. Antes de iniciar a campanha a população era quase que em sua maioria a favor do desarmamento, porem, quando iniciou a campanha a insegurança provocou um resultado totalmente adverso. Muitos eleitores tiveram uma mudança radical em suas convicções deixando tudo de lado como o apelo da igreja, por exemplo, não aceitando a idéia de se tornarem reféns dos bandidos, uma insistência daqueles que eram contra o desarmamento e que mencionavam a todo instante. 

     E agora o quadro se repete, o povo atemorizado pela violência também adere à idéia da redução da maioridade penal. Evidentemente, sobre este assunto a situação é mais complexa, pois de certa forma a sociedade de um modo geral é leiga sobre o que de fato está acontecendo. Não tem o conhecimento profundo sobre a omissão do estado. Enfim, o que a lei prevê para os infratores adolescente e o que o estado não cumpre. O positivo desta discussão sobre a redução da maioridade penal é que traz para a sociedade o debate, a discussão e a clareza do que se fala, do que a lei manda e de fato o que se faz.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 13/04/2007
Alterado em 13/04/2007


Comentários