Seja bem vindo, boa leitura, será um prazer teu comentário.
Ataíde Lemos
Palavras, uma viagem pelos sentimentos.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


                              A crise do setor aéreo 

     Estamos assistindo uma novela nos telejornais, na mídia escrita, enfim, em todos os órgãos de imprensa que já adentra no sexto mês. Novela que se iniciou de maneira trágica vitimando 154 passageiros numa colisão de aviões em plenos ares brasileiro. 

     Até hoje ainda se procura os responsáveis pela tragédia. O que parece que houve foi uma sucessão de erros que vai desde os pilotos, os controladores de vôo, os aparelhos de vôo terrestre e dos aviões. Enfim, erros por todos os lados de falta de comunicação, ou uma comunicação que ninguém entendeu. A única certeza é que estas sucessões de erros resultaram em viúvos (as) e órfãos. 

     No entanto, a novela iniciada pela tragédia acabou revelando as deficiências e ineficiências do sistema aeroviário brasileiro que parece não chegar ao final. Cada órgão transfere encargos um para o outro e ninguém assume de fato a responsabilidade. O presidente Lula ou não tem comando ou está completamente perdido nesta crise, pois já tem pedido e dado dias para a solução da crise por vários momentos, porem, são palavras vazias no meio da multidão. 

     Entre discussões de bastidores sobra o povo, aquele que se serve deste transporte para locomover com mais rapidez. Mesmo que seja um serviço de auto custo que somente a população classe A ,B que utiliza, ainda assim, ficam na expectativas e sobre tensão. A crise leva os usuários a ficarem atônitos não sabendo se arriscam viajar sobre as totais condições de falta de segurança ou se aguardam horas e horas nos saguões dos aeroportos a oportunidade de embarcarem num avião furado arriscando suas vidas. 

     O governo para não se manchar mais do que está no episódio, procura de varias maneira não deixar que seja investigado e ser colocado às claras a realidade do que está havendo no espaço aéreo brasileiro. Será que também há malas e malas de dinheiros envolvidos neste episódio? Talvez não seja mala, mas improbidades administrativas, falhas grosseiras que podem levar à crises maiores que possam resultar em outras de ordem governamental. Não parece haver lógica os aliados, o governo querer abafar a CPI que se procura instalar sobre a crise do sistema aeroviário. 

     Finalizando, vamos assistindo atentamente à novela para sabermos quais serão os novos capítulos e como ela terminará. Certamente, uma grande pizza para ser saboreada pelos responsáveis da crise, enquanto a população mais uma vez é ludibriada e de vitima da situação torna-se ré por votar nestes que estão aí no poder.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 30/03/2007
Alterado em 30/03/2007


Comentários